Geração Alpha: como ter atenção de crianças que já nasceram dentro da tecnologia? - Smart School Comunicação escolar
DicasEducaçãoTecnologia Escolar

Geração Alpha: como ter atenção de crianças que já nasceram dentro da tecnologia?

Sabemos que o mundo está em constante mudança, principalmente quando se trata dos avanços tecnológicos, os quais também influenciam diretamente em nossos filhos, que mesmo antes de andar, já estão totalmente conectados na internet. Isso é completamente normal para essa geração, conhecida como a geração Alpha. 

As crianças da geração Alpha nasceram a partir de 2010, já conectadas e imersas nas tecnologias. Essa geração de crianças desenvolve uma nova visão de mundo e suas características principais são: independência, curiosidade, agilidade, empatia e a dificuldade de concentração. 

Como compreender e educar nossos filhos da geração Alpha?

Vários estudos já foram realizados sobre a geração Alpha e hoje é um desafio para os adultos saberem como educar essas crianças, em meio a tantas transformações tecnológicas. 

Como já entendemos, essa geração tem mais autonomia e quando se trata das próprias curiosidades essas crianças já sabem onde procurar: na internet. Na maioria das vezes os assuntos que os professores apresentam em sala de aula nem sempre são uma novidade para as crianças, pois existe a possibilidade delas terem visto em canais do youtube, seriados, filmes, etc. 

Isso exige que os educadores tenham um pouco mais de dinâmica e criatividade na hora de passar o conteúdo em sala de aula. As emoções também devem ser trabalhadas com um certo cuidado, sendo que essas crianças têm uma grande empatia, nem sempre conseguem lidar com fracassos e emoções. 

Como a escola pode se adequar para garantir um bom engajamento em sala de aula das crianças Alpha?

⦁ Essas crianças lidam muito bem com a tecnologia, por isso a escola poderá usá-la dentro da educação através de games, vídeos e materiais de raciocínio lógico, concentração e memória. 

⦁ Faça um dia de cinema na sala de aula com filmes e séries educativas, use canais via streaming, como Netflix, Disney +, afinal, as crianças já conhecem essas plataformas e nelas existem vários conteúdos educativos.

⦁ As escolas também devem investir em metodologias que auxiliem na hora de prender a atenção das crianças, um exemplo: aulas de experimentos em laboratórios, ensino mão-na-massa, técnicas de ensino montessorianas, etc. Essas ações são capazes de prender a atenção bem mais do que um ensino tradicional em sala de aula. 

Assim como todas as gerações, a Alpha também possui muitas dificuldades e necessidades, por isso, devemos conhecer e entender todas as características para que possamos auxiliar essas crianças em um desenvolvimento saudável e deixá-las preparada para a adolescência e a vida adulta. 

Quer saber mais sobre a geração Alpha? Baixe nosso ebook gratuito: Crianças da Geração Alpha. 

 

Deixe uma resposta